Casa das Portas

Em pleno Douro vinhateiro, surge uma casa improvável, fruto do desejo da proprietária de abrigar sob o mesmo tecto o vinho e a literatura duriense. Para a concepção dos interiores, procurámos inspiração nesse propósito e na própria construção, destinada não só à vida familiar, mas também ao agroturismo.

Esta é uma casa feita de materiais naturais – betão, madeira, xisto e ferro -, expostos em toda a sua rudeza e autenticidade, e de objectos recuperados, carregados de histórias para contar, como é o caso das inúmeras portas antigas, usadas pelo arquitecto Ilya Semionoff para revestir paredes inteiras.

No projecto de interiores, procurámos continuar esse percurso de autenticidade e história, usando a madeira maciça, o ferro e o cabedal no mobiliário; a juta e o algodão nos tapetes; restaurando cadeirões e recuperando móveis e quadros de família. Aqui e ali, acrescentámos uns toques de modernidade e leveza (cadeiras em acrílico na sala de jantar) e acentuámos o carácter único da habitação, com a produção de peças concebidas especialmente para esta casa, como foi o caso das mesas de cabeceira VINO, feitas com caixas de vinho, e das mesas de centro, que resultam da reutilização de fruteiras em madeira oleada.

ServiçoDesign e DecoraçãoLocalAlijóAno2017